Bolsonaro exalta auxílio emergencial, mas diz que benefício ‘não é para sempre’

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta sexta-feira (9) que o auxílio emergencial “não é para sempre” e que o benefício criado para atender os brasileiros cuja renda foi mais afetada pela pandemia do coronavírus é “caro demais para a União”.

As declarações foram dadas durante agenda na Ilha do Marajó, no Pará, onde ele fez do benefício uma bandeira de seu governo. A estratégia já vinha sendo observada em viagens realizadas anteriormente, uma espécie de rali eleitoral que o político iniciou há alguns meses de olho na reeleição em 2022.

Desta vez, a exaltação ao socorro financeiro ocorreu na cidade de Breves, que faz parte do arquipélago paraense.

Em tom paternalista, Bolsonaro pediu à população: “Tenham isso na cabeça. O auxílio emergencial não é para sempre (…) até porque é caro demais para a União. É pouco para quem recebe, reconheço, mas caro demais para a União”, disse, segundo o portal UOL.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *