Primo dos filhos de Bolsonaro pede demissão do gabinete de Chico Rodrigues após escândalo do dinheiro na cueca

 

Primo dos filhos do presidente Jair Bolsonaro, Leonardo Rodrigues de Jesus, o Leo Índio, pediu demissão do gabinete do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), na noite desta quinta-feira. A decisão ocorre um dia após o parlamentar ser flagrado com cerca de R$ 30 mil em dinheiro vivo na cueca. Leo Índio negou ter sido influenciado por Bolsonaro ou pelos filhos do presidente para deixar o cargo de assessor parlamentar.

“Diferente do texto divulgado pela imprensa, a decisão de sair do gabinete do senador @chicorodriguesrr foi decisão unicamente minha, sem orientação da Presidência e de aliados do Governo”, disse Leo Índio em sua rede social.

O primo dos filhos de Bolsonaro também agradeceu e afirmou que “o tempo no gabinete parlamentar trouxe experiência e aprendizado sobre mais uma região rica e singular do nosso país, Roraima”.

Parente da família Bolsonaro, Leo Índio foi convidado para trabalhar com Chico Rodrigues em abril, apenas um mês após o senador ser convidado pelo Presidente da República para o cargo de vice-líder do governo. Antes, ele já frequentava o Palácio do Planalto informalmente desde o início da atual gestão.

Filho de Rosemeire Nantes Braga Rodrigues, irmã de Rogéria Nantes, mãe dos três filhos políticos de Bolsonaro, Índio ganhava atualmente salário bruto de cerca de R$ 23 mil. Ele foi assessor de Flávio Bolsonaro e é muito próximo do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ). Ao ser nomeado para o gabinete de Chico Rodrigues, Léo Índio declarou:

– Há algumas semanas recebi o convite do senador Chico Rodrigues, a quem admiro há bastante tempo, para compor sua equipe de trabalho. Nossa convivência foi estreitada desde os primórdios da campanha de Jair Bolsonaro à Presidência, quando o senador pôde constatar algumas das minhas características e a convergência de nossas ideias. Sempre acreditei na meritocracia e no valor do trabalho, verdadeiro fiador das liberdades individuais. A boa política, entretanto, é indissociável de mim desde a infância.

Fonte: Extra




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *