“Estou livre, solto”, diz Joaquim Barbosa sobre desfiliação do PSB

joaquim
 

O ex-ministro do supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa oficializou desfiliação do PSB (Partido Socialista Brasileiro).

Em entrevista ao UOL, ele afirmou que se trata de uma decisão pessoal e que “a princípio” não tem intenção de concorrer nessas eleições.

“Foi uma escolha minha. Pensava nisso havia meses; não houve traumas”, disse.

No período de sua filiação ao partido, apesar de ser uma das pessoas com maior visibilidade, não teve oportunidade de participar de decisões internas. “Nunca fui consultado para nada”, disse.

“O partido que poderia me ter nunca se interessou em me lançar candidato”, disse. Dessa forma, ele decidiu que era melhor se afastar após ligação de quase quatro anos. “Não tenho plano B. Estou livre, estou solto”, afirmou.

Especulações de candidatura em 2018

O auge das especulações sobre sua candidatura foi nas eleições de 2018, em que disputaria com o atual presidente Jair Bolsonaro (PL).

Nesse momento, o ex-ministro tinha 10% das intenções de voto e representava uma possível terceira via. Porém, ele negou as expectativas no seu perfil pessoal do Twitter.

“Está decidido. Após várias semanas de muita reflexão, finalmente cheguei a uma conclusão. Não pretendo ser candidato a presidente da República. Decisão estritamente pessoal”.

Ao ser questionado sobre uma candidatura futura, Joaquim disse que, “Há conversas, depende. Continuo muito reticente em relação à política. […] Entrar na política é uma guerra, é um jogo sujo. As pessoas se incomodam até mesmo se você pensa em entrar. Veja o que aconteceu com o Moro. Precipitou-se, saiu muito cedo, está apanhando adoidado”, pontuou.

Por ter citado o ex-ministro da Justiça e candidato à presidência Sergio Moro, Barbosa garante que ser vice do jurista não é uma possibilidade.

“De jeito nenhum, não teve nada disso. Nunca vou ser vice na chapa de ninguém. Não há hipótese”.

Ele finaliza o assunto de ser convidado para disputar o Planalto ao dizer que “esse chamado ainda não veio”, comentou.

“Talvez venha depois que sair essa notícia da minha desfiliação”. Enquanto isso, ele disse, “estou caladinho, quietinho no meu canto”.

*Metropoles