Com a chegada de Moro no União Brasil, ACM Neto pode ir para o PSDB, diz jornal

Neto pode se filiar ao PSDB, caso O União Brasil apoie a candidatura de Moro à presidência.

Com a chegada de Moro no União Brasil, ACM Neto pode ir para o PSDB, diz jornal

O ex-prefeito de Salvador e atual pré-candidato a governador da Bahia, ACM Neto, ameaçou deixar o seu partido, o União Brasil.

De acordo com o Jornal A Tarde, partido vive uma crise interna, pois o presidente da legenda, Luciano Bivar, quer impor a candidatura do ex-juiz parcial Sergio Moro.

Moro, por sua vez, disse que não pretende se lançar como candidato a Câmara Federal, deixando claro suas intenções para o Palácio do Planalto.

O União Brasil é uma junção entre o DEM, de ACM, e o PSL, de Bivar. Segundo o A Tarde, alguns integrantes do partido estariam dispostos a vetar a candidatura de Neto ao Palácio de Ondina.

ACM Neto não quer entrar em conflito com o governo Jair Bolsonaro (PL) pelo apoio a Moro, desafeto do chefe de Estado. O alinhamento político do ex-prefeito de Salvador já havia causado problema na época do DEM, quando o ex-presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia decidiu sair do partido.

Segundo A Tarde, a direção nacional interviria no diretório estadual da Bahia, impedindo a candidatura de ACM Neto, e deixando-o sem legenda.

A publicação indica ainda que Neto pode se filiar ao PSDB, caso O União Brasil apoie a candidatura de Moro à presidência.