“O povo vai saber analisar entre quem se preocupou com os mais fracos e quem só pensou em ganhar dinheiro durante a pandemia”, diz Rogério Andrade sobre eleição para prefeito

O Programa do Valente tem entrevistado os pré-candidatos a prefeito de Santo Antônio de Jesus. Hoje (31) foi a vez do prefeito Rogério Andrade. Deputado estadual por 4 vezes, ele busca a reeleição, garantindo que sua preocupação maior é com a população carente do município.

Pavimentação asfáltica de 240 ruas, inauguração da UPA, PA exclusiva para pacientes da Covid-19, início da construção de uma creche no Zilda Arns e esgotamento sanitário de algumas ruas foram algumas obras citadas pelo prefeito que, segundo ele, são marcas de sua gestão. “Nós priorizamos as ruas que estavam na lama, que estavam na poeira”, lembrou.

A oposição tem apresentado vários pré-candidatos, o que pode ser bom para Rogério Andrade, mas ele disse não estar preocupado com o comportamento da oposição. “Não gosto de assistir vídeos, ver coisas em grupos de WhatsApp, não gosto de ouvir áudios, não gosto de perder o foco do trabalho. Tenho uma fé inabalável em Deus e acredito muito na força do trabalho. Não estou preocupado como a oposição vai vir”, explicou, lembrando ainda que foi muito perseguido na última eleição, mas o resultado foi apresentado nas urnas com a quantidade de votos obtidos pelo deputado estadual Rogério Filho no município

Ainda em sua explanação sobre as eleições e seu posicionamento sobre os candidatos da oposição, o prefeito afirmou que a população saberá analisar  entre quem esteve mais preocupado com os mais carentes no momento da pandemia, por exemplo. “O povo vai saber analisar e verá a história de cada um, o que cada um defendeu ao longo de sua existência nessa cidade. Quem defendeu, o tempo inteiro, os interesses de quem tem mais e aqueles que ficaram do lado dos mais fracos, aqueles que ficaram do lado dos que mais precisam. A população vai fazer o julgamento, vai analisar e ver quem se preocupou com os que  não tinham plano de saúde e o que, na primeira semana de pandemia, só pensou em ganhar mais dinheiro, inclusive, desrespeitando o decreto municipal, funcionando irregularmente e colocando para pessoas experimentarem o objeto, fruto da compra, no meio dia rua”, alfinetou.