SAJ: adolescente apreendido cometeu crime para provar fidelidade a facção, revela delegado

Adilson Bezerra

O adolescente de 16 anos, que foi apreendido na noite desta quinta-feira (20), por suspeita de homicídio em Santo Antônio de Jesus cometeu crime para provar fidelidade a facção.

De acordo com o coordenador da 4ª Coorpin, Dr. Adilson Bezerra, o jovem era integrante de um determinado grupo criminoso, mas após desentendimento com alguns colegas, passou a participar o grupo rival. Ainda conforme o coordenador, o adolescente já era procurado por outros crimes e já estava com a vida ameaçada.

“Para ele ser aceito no novo grupo ele teria que provar fidelidade. Para isso ele recebeu uma arma e a ordem para matar o antigo parceiro”.

O crime ocorreu no mês de junho, quando o acusado usou um revólver calibre 38. Ainda conforme o Delegado, após a iniciação, o adolescente recebeu novas missões, além de garantias de segurança.

O menor foi ouvido e posteriormente encaminhado a Casa de Acolhimento ao Menor (CAM) de forma provisória até a conclusão das investigações.