Vereador questiona autorização de empréstimo de R$ 1 milhão feito pela prefeitura de SAJ

O vereador Francisco Damasceno, mais conhecido como Chico de Dega (DEM) , registrou novo pedido de vista ao Projeto de Lei em que a prefeitura municipal de Santo Antônio de Jesus pede autorização para uso de empréstimo de mais de R$ 1 milhão feito ao Desenbahia no ano de 2017 para execução de serviços de infraestrutura no município.

Em um vídeo divulgado em suas redes sociais, o vereador afirmou que foi contra a autorização do empréstimo sem antes saber quais seriam os valores das parcelas mensais e montante de juros.

“O prefeito agora pede autorização para utilizar saldo no valor de mais de R$ 1 milhão sem informar qual o plano de ação nem onde serão aplicados os recursos. Eu como vereador, não posso votar em um projeto onde não sei onde foram aplicados os recursos”, disse.

De acordo Dega, a nova PL seria votada nesta segunda-feira (24) em uma sessão extraordinária na Câmara e foi suspensa para que medida apontada por ele seja vista.

Ainda de acordo o edil, quase R$ 9 milhões foram gastos, no entanto não há relação de como foram empregados.

“Eu preciso saber onde e como serão gastos estes recursos e qual o motivo desse endividamento. É o prefeito quem vai pagar ou serão os gestores posteriores? O município já recebeu cerca de R$ 10 milhões do governo federal do Covid, não houve São João e se houve queda em receita sem as festividades o município será compensado”, acrescenta.

Chico de Dega arguiu ainda a respeito do concurso público e reajuste dos salários dos servidores e reforma administrativa onde foram gastos cerca de R$ 500 mil. Conforme o edil uma empresa foi contratada na época e a reforma continua paralisada

“Como vereador devo estar atento, e não posso autorizar um empréstimo sem nenhuma informação. Estou na Câmara para votar aquilo que beneficie a população e estou solicitando mais uma vez, através de requerimento, onde foram gastos as primeiras parcelas desse empréstimo”, completa.