SAJ: Coordenador do DPT diz que não havia sinais de violência em corpo encontrado dentro de residência no Gravatá

 

O corpo de um homem em estado avançado de decomposição foi encontrado, nesta terça-feira (12), dentro de uma residência no bairro do Gravatá, em Santo Antônio de Jesus. A vítima foi identificada como William Nazianzeno dos Santos Cruz, de 42 anos.

Conforme informações da polícia, vizinhos acharam estranho o sumiço do homem e foram até a casa. Ao chegar no local, um vizinho encontrou o corpo em um cômodo da casa e acionou a polícia

Em entrevista ao repórter Antônio Carlos, Marlene de Jesus Santos, tia da vítima, informou que Willian bebia bastante. “O departamento diz que foi morte natural, mas a gente quer saber se foi queda, coração, do que foi”, disse.

Dr. Lino Oliveira, coordenador do Departamento de Polícia Técnica do município, disse que o corpo foi encontrado na porta da garagem da casa em uma rua, relativamente, movimentada. “Pelo estado de decomposição que estava o corpo seria de mais ou menos dois a três dias. A gente fica perplexo de ninguém ter passado naquele local e ter percebido aquele corpo em estado de putrefação”, comentou Dr. Lino, em entrevista ao repórter Antônio Carlos.

De acordo com o coordenador do DPT, William foi encontrado morto sentado. “Pelos exames externos não encontramos lesões que pudessem justificar uma causa de morte violenta”, informou.