Presidente da Coopersaj diz que motorista envolvido em confusão não está regular com a cooperativa

Imagem: reprodução

Em entrevista à Rádio Andaiá FM, na tarde desta quinta-feira (25), o presidente da COOPERSAJ, Gilberto Passos, falou sobre a denúncia de ameaças e até agressões contra motoristas do transporte alternativo na cidade de Dom Macedo Costa.

Gilberto disse está ciente da situação, mas que não concorda com qualquer situação que envolva agressão. Conforme o presidente da Coopersaj, o rapaz envolvido é um cooperado, mas atualmente está trabalhando como vendedor ambulante na região do transbordo.

Ainda de acordo Gilberto,  rapaz de prenome Walter reside na cidade de Dom Macedo Costa, porém não pode fazer o transporte irregular como vem desenvolvendo.

“Qualquer pessoa pode transportar quem ele quiser no seu veículo, agora o carro de passageiro não pode conceder carona. Ele, inclusive já foi autuado pela SMTT, por esse tipo de irregularidade”, disse.

O entrevistado pontuou também a necessidade de fiscalização para assegurar que as brechas não aconteçam no transporte de passageiros em Santo Antônio de Jesus



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia