Após carnaval, mergulhadores retiram abadás do fundo do mar

Após a folia, a limpeza. Mergulhadores vasculharam o fundo do mar das regiões que margeiam os circuitos do carnaval e encontraram muito lixo derivado do carnaval.
De acordo com o Correio, a “faxina” aconteceu na manhã desta quarta-feira (14), com 26 voluntários. Plásticos e latinhas de cerveja e refrigerante lideraram o ranking de objetos apreendidos, mas houve também muitas peças de roupa, palitos de picolé, espetinhos de queijo e até abadás.
“Apesar das correntes marítimas, o material que encontramos é típico do carnaval, ou seja, daquela região. Visualmente, percebemos que a quantidade de lixo é menor do que a do ano passado, mas ainda tem muita coisa sendo descartada de forma indevida”, afirmou o coordenador-geral do projeto, Bruno Souza.
A ação começou por volta das 9h30 e durou até às 12h. Parte do material recolhido foi entregue a cooperativas de reciclagem e o restante para a prefeitura. O mesmo mergulho ecológico foi feito uma semana antes da festa, quando foram retirados 282 kg de produtos.

*M1