Presos se rebelam e queimam colchões após revista surpresa no presídio de Ilhéus

Foto: reprodução

Detentos do presídio Advogado Ariston Cardoso, localizado no município de Ilhéus, na região sul da Bahia, se rebelaram e queimaram colchões após a direção da unidade prisional decidir fazer uma revista surpresa nas celas, com apoio da Polícia Militar.

O motim começou por volta das 14h. A direção do presídio informou que as revistas no local são realizadas de forma corriqueira no período da manhã, mas que dessa vez, de forma surpresa, o procedimento foi feito à tarde.

Diversos colchões foram incendiados pelos presos e uma nuvem de fumaça pode ser vista de longe. Agentes do Corpo de Bombeiros foram acionados e ajudaram a controlar as chamas.

A polícia acredita que a rebelião tenha sido feita pelos presos para tentar esconder objetos. Ainda não há informações sobre o que foi encontrado nas celas durante o procedimento.

O tumulto só começou a ser controlado cerca de 1h30 depois. Cerca de 60 policiais foram acionados e deslocados para o local para atuar na ocorrência. Os agentes usaram bombas de efeito moral para controlar a situação. A polícia ainda informou que não houve registro de feridos.

*G1