Menino é ignorado por ônibus, ganha carona de PMs e ‘apavora’ mãe

Foto: Arquivo Pessoal

O susto que a dona de casa Joseane Amâncio Barbosa, de 34 anos, teve ao ver o filho dela em uma viatura da Polícia Militar equivale à gratidão que sentiu ao entender o que aconteceu. O estudante Matheus, de 13 anos, na verdade, ganhou uma carona, após ser ignorado por um motorista de ônibus em Guarujá, no litoral de São Paulo.

Matheus estava sozinho em um ponto de parada na avenida Tancredo Neves, no bairro Cachoeira, aguardando um veículo da linha 53 para seguir ao treino futsal, na tarde da última quinta-feira (6). O coletivo se aproximou, ele estendeu o braço, mas o condutor seguiu a viagem sem parar para que o estudante pudesse embarcar.

Ao policial, o estudante contou que estava ali, como todas as tarde faz após sair da escola, para seguir ao bairro Astúrias, onde localiza-se a escola de futsal em que é bolsista. A viagem tem duração aproximada de 1h, e, ao perder o ônibus, teria que voltar para casa, pois não havia mais tempo de esperar o próximo e seguir à aula.

“Seguíamos em patrulhamento para a mesma região, então nós decidimos levá-lo até o campinho para ele não perder o treino. No caminho, Matheus contou que tem o desejo de ser jogador de futebol, que cursa o 8º ano da escola e que está com boas notas. Pareceu bastante feliz de estar ali com a gente”, conta o cabo Ramos.

No meio do caminho, o policial compartilhou, em uma rede social, uma foto em que o estudante aparece no banco de trás da viatura. A postagem rapidamente viralizou e chegou à mãe do menino. “Quando eu vi, levei um grande susto. Não entendi nada, mas me acalmei ao ler a legenda da imagem”, comenta Joseane.