Festa popular de Santa Bárbara abre alta temporada do turismo na Bahia

 

 

Foto: Daniel Meira/ SETUR

Evento que abre oficialmente o calendário de festas de verão na Bahia, a festa de Santa Bárbara reuniu milhares de fiéis no Largo do Pelourinho (Salvador), na manhã desta terça-feira (4). Além de ser uma marca forte da cultura da Bahia, a celebração marca as boas-vindas à alta estação, com seu ciclo de festas populares que atrai turistas do Brasil e do mundo.

“Este ano estamos com a expectativa de receber 6 milhões de turistas na Bahia durante o verão, o que corresponde a um aumento de 7,5% em relação à temporada anterior. Esta festa abre um calendário que intensifica nossa atividade turística até o Carnaval”, afirmou o secretário estadual do Turismo, José Alves,  presente ao evento.

Depois de um toque de clarins na sacada da Casa 12, o padre Lázaro Muniz deu início, às 8h30, à celebração, marcada pelo sincretismo, a cor vermelha e o toque musical das religiões de matriz africana. Santa Bárbara corresponde à Iansã nos cultos afro-baianos e é a padroeira dos bombeiros.

Adeptos do catolicismo e do candomblé se unem na mesma fé durante a missa e a procissão, que segue pelas ruas do Centro Histórico em direção à sede do Comando Geral do Corpo de Bombeiros. Realizada pela Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, a festa de Santa Bárbara é registrada pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac) como Patrimônio Imaterial da Bahia.

Também estiveram presentes às celebrações os secretários estaduais da Cultura, Arany Santana; do Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues; da Igualdade Racial, Fabya Reis; do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Olívia Santana; e o diretor do Ipac, João Carlos de Oliveira.

Repórter: Eduardo Bastos/ SETUR




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *