‘Não há nada de ameaça de saída da Ford de Camaçari’, diz vice-governador

O vice-governador da Bahia, João Leão (PP), negou, nesta segunda-feira (11), que haja uma ameaça contra a Ford em Camaçari, como publicou o jornal Folha de São Paulo.

“Não há nada de ameaça de saída da Ford daqui. É falácia pura. A Ford vai continuar na Bahia sem problema”, salientou, ao ser indagado pelo Bahia Notícias sobre o caso. “Conversei com os diretores da Ford e eles não têm nenhum interesse em deixar a Bahia. Eles vão continuar aqui produzindo carros bons e bonitos”, acrescentou, durante a posse de Plínio Carneiro Filho como presidente do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).

Segundo a Folha, em uma reunião, o secretário de Produtividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, sublinhou que a unidade da Ford em Camaçari continua recebendo benefícios federais, por meio de incentivos tributários e pela recente prorrogação do regime especial automotivo do Nordeste até 2025.

A declaração foi interpretada como uma ameaça velada de retirada de incentivos. “Isso aí de saída foi falha de interpretação. Não existe essa saída da Ford Bahia”, salientou Leão.

*BN