Turismo de Saúde é debatido na Bahia

 

O turismo de saúde foi discutido nesta quinta-feira (1º de agosto), durante a 13ª Convenção Brasileira de Hospitais, realizada até amanhã, no Gran Hotel Stella Maris, em Salvador. O segmento movimenta 11 milhões de pessoas em todo o mundo, gerando divisas da ordem de US$ 439 bilhões de dólares. Dentre os locais de destaque estão Dubai, Costa Rica, Índia, México e Tailândia.

A mesa temática contou com a apresentação de Danielle Nogueira, Consultora de Negócios Internacionais em Saúde, sobre o turismo de saúde, que une a oferta de serviços qualificados, com profissionais gabaritados e utilização de tecnologia de ponta, à experiência turística. Segundo Danielle, a Bahia reúne todos esses predicados, além da hospitalidade do povo baiano.

Durante o debate, o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, destacou o trabalho desenvolvido pelo Governo da Bahia visando à atração de novos voos nacionais e internacionais. “Estamos empenhados na ampliação da conectividade aérea do nosso estado, aspecto fundamental para o desenvolvimento do turismo, incluindo o segmento de saúde”, disse Franco ao destacar também a qualidade da rede hoteleira baiana e a promoção do destino Bahia.

“Queremos formar um grupo de trabalho com o objetivo de implantar e desenvolver o turismo de saúde na Bahia”, pontuou o vice-presidente da Federação Brasileira de Hospitais, Mauro Duran Adan. Provedor da Santa Casa de Misericórdia da Bahia, Roberto Sá Menezes atuou como mediador.