Bolsonaro fará 1ª viagem ao Nordeste e se reunirá com governadores

O presidente Jair Bolsonaro vai iniciar uma ofensiva pelo Nordeste, território quase todo comandado por governadores da oposição e onde registrou as piores avaliações, conforme a última pesquisa Ibope.

Ele vai entregar casas populares e anunciar mais verbas para obras de infraestrutura na próxima sexta-feira (24). Em Petrolina (PE), Bolsonaro vai entregar um conjunto habitacional do programa Minha Casa Minha Vida.

Na capital pernambucana, Recife, ele deverá anunciar um acréscimo de R$ 2,1 bilhões ao Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste, destinado a obras de infraestrutura.

A viagem marca o lançamento do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE), elaborado pela primeira vez no âmbito da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

De acordo com o Estadão, o presidente vai ser reunir, no Instituto Ricardo Brennand, com 11 os governadores da região, entre eles o da Bahia, Rui Costa.

Todos os outros governadores do Nordeste confirmaram presença. Parlamentares nordestinos também estão sendo convidados.

Na primeira entrevista após assumir o cargo, Bolsonaro chegou a dizer que os governadores nordestinos não deveriam pedir dinheiro a ele. “Não venham pedir nada para mim, porque não sou presidente. O presidente está lá em Curitiba”, afirmou, em referência ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso na Lava Jato.

No entanto, Bolsonaro também argumentou que não abriria uma guerra política para não prejudicar os eleitores. “Não posso fazer uma guerra com governador do Nordeste atrapalhando a população. O homem mais sofrido do Brasil está na região Nordeste. Vamos mergulhar para resolver muitos problemas do Nordeste”, afirmou à época.

*M1