Empresário alvo da PF foi descoberto depois de se envolver com mulher casada

O empresário Ricardo Peixoto Silva, preso nesta segunda-feira (9) pela Polícia Federal, foi descoberto depois de ser alvo de uma tentativa de homicídio em 2016. Isso porque ele tinha um relacionamento com uma mulher casada, os dois frequentavam a mesma academia em Feira de Santana, mas o marido traído descobriu e mandou matar o amante. Ricardo foi baleado cinco vezes, mas sobreviveu ao ataque porque as balas não atingiram seus órgãos vitais. De acordo com o Correio, o marido ainda ficou inconformado com a situação e contratou cinco advogados para revistar a vida do empresário. A intenção era encontrar alguma situação que complicasse a vida de Ricardo com a polícia. Com isso, os advogados descobriram que ele fabricava suplementos de forma clandestina e o denunciaram à PF. “Esse tipo de caso não é investigado pela Polícia Federal, mas sempre que recebemos uma denúncia verificamos quem é o denunciado. Quando levantamos as informações sobre Ricardo, descobrimos que ele estava fraudando o sistema financeiro e, por isso, a corregedoria determinou que fosse aberta uma investigação”, contou um policial ao Correio. Ainda segundo ele, atualmente o empresário estava tendo um relacionamento com outra mulher comprometida, também em Feira, e foi ameaçado por isso. A operação da PF foi deflagrada nesta segunda.

*BN