Mulher que alegou ter ouvido vozes e decepado o pé do filho de 3 anos é presa

O delegado Davidson Ribeiro de Souza, da Delegacia Territorial (DT), da cidade de Tabocas do Brejo Velho, distante 800 quilômetros de Salvador, anunciou, nesta sexta-feira (8), a prisão de Ediene de Almeida Branco, acusada de decepar o pé do filho de apenas três anos de idade, utilizando um machado.

O garoto foi socorrido por vizinhos para um hospital e os médicos acionaram a polícia ao examinarem a gravidade dos ferimentos da criança. “Após instaurar inquérito para apurar as circunstâncias do crime, ouvi parentes e vizinhos de Ediene e decidi por solicitar a prisão da mãe”, explicou o delegado.

O fato ocorreu no dia 13 de maio e à época do fato, Ediene alegou ter ferido a criança após ter ouvido vozes. Ela vai responder por lesão corporal gravíssima e ficará à disposição da Justiça, na carceragem da unidade territorial de Tabocas do Brejo Velho.

Ascom-PC

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *