Hospital da Ufba vira primeiro da Bahia a fazer processo transexualizador pelo SUS

Foto: Divulgação/ Ufba

O Hospital Universitário Professor Edgard Santos (Hupes), ligado à Universidade Federal da Bahia (UFBA), em Salvador, foi habilitado pelo Ministério da Saúde a realizar o chamado “processo transexualizador” via Sistema Único de Saúde (SUS).

A autorização foi dada em portaria assinada pelo ministro da saúde, Gilberto Occhi, publicada na edição de sexta-feira (6) do Diário Oficial da União (DOU).

Com isso, o Hupes passa a ser a primeira do estado a realizar o procedimento e receberá repasses mensais para manutenção.

Agora, o hospital passa a oferecer, no Ambulatório Transexualizador, de atendimento psicoterapêutico até a hormonioterapia, que deve ser realizada para o resto da vida.

A data de abertura do espaço ainda está indefinida porque, segundo a unidade de saúde, faltam alguns ajustes para a inauguração do Ambulatório e o início do atendimento.

*BN