Sobre a briga dos candidatos na justiça

Não é só em Santo Antônio. Bastar olhar os sites e blogs direcionados a cobertura política e veremos manchetes como “ACM Neto pede impugnação da candidatura de João Henrique”, “PMDB vai pedir impugnação de ACM Neto e Imbassahy” e etc… Os candidatos sabem que suas alegações não vão resultar em impugnação do adversário. Embora seus advogados estejam embasados na própria lei eleitoral que prevê impugnação para os motivos das ações. Mas tudo vai depender mesmo da interpretação do juiz eleitoral. Se apenas uma das candidaturas for impugnada o efeito pode ser contrário para o vencedor da briga no tribunal. O povo gosta de democracia e pode ver a ação do impugnador como um ato antidemocrático, ficar com dó de quem perdeu o direito de disputar e com raiva de quem conseguiu na justiça tirar seu direito de escolha. Os candidatos sabem disso, mas querem dar dor de cabeça ao adversário, tirar o foco da eleição. Enquanto o povo quer uma disputa baseada nas propostas, uma briga pra ver quem tem as melhores soluções para os problemas do município.