Já respira sem ajuda de aparelhos santoantoniense que matou a mulher

Na quarta feira ( 10 ) entrevistei por telefone o repórter Rai Nascimento, da Rádio Jornal de Itabuna, trazendo informações acerca do caso que chocou a região – o brutal assasinato de uma comerciante no centro da cidade de Ilhéus, cometido por um filho de Santo Antônio de Jesus.  O autor  da barbaridade estaria em estado grave num hospital de Itabuna.  Hoje recebemos a notícia de que já respira sem a ajuda de aparelhos o empresário Carlos Machado, que está internado no hospital de Base de Itabuna desde a noite de segunda-feira. Assassino confesso da esposa Fabrícia Mangabeira, a quem matou com 144 perfurações de faca e garfo de churrasco, Machado chegou ao hospital com perfurações no intestino, provocadas por um cabo de vassoura. O empresário estava preso no conjunto penal de Itabuna e a suspeita é de que internos ou agentes penitenciários tenham praticado a tortura. Os presos estavam revoltados com a crueldade de Machado. A direção do presídio adiantou que iria abrir processo administrativo para apurar como o interno foi violentadoCom informaçãoes de A Região