Governo vai liberar R 1 bilhão: Santo Antônio entre os municípios considerados prioritários

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, anunciou ontem que serão repassados mais de R 1,08 bilhão para combater a dengue a partir do próximo verão. Deste total, R 128 milhões serão destinados a 633 municípios da Federação considerados prioritários no combate à doença. Na Bahia, 45 municípios estão inseridos nesta lista.Segundo o ministro, o governo vai empregar a verba para viabilizar todas as ações de combate à dengue nos 12 Estados considerados de risco – Rio, São Paulo, Minas Gerais, Sergipe, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Ceará, Pará, Alagoas, Bahia, Rondônia, Goiás. Temporão disse que as áreas de risco estão em Campinas e na Baixada Santista. “A capital do Estado teve uma redução importante de casos. Essa análise das áreas de risco leva em conta locais onde a população não tem defesa do tipo dois da doença”, explicou. Municípios (45) considerados prioritários:Alagoinhas,Araci, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Brumado, Camaçari, Campo Formoso, Candeias, Casa Nova, Conceição do Coité, Cruz das Almas, Dias D'Ávila, Eunápolis, Feira de Santana, Guanambi, Ilhéus, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itamaraju, Itaparica, Itapetinga, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Monte Santo, Mundo Novo, Paulo Afonso, Porto Seguro, Salvador, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Seabra, Senhor do Bonfim, Serrinha, Simões Filho, Teixeira de Freitas, Valença, Vera Cruz, Vitória da Conquista