Morte de Viviane reabre discussão sobre o caos no trânsito de Santo Antônio

Houve uma discussão interessante no rádio a respeito do trânsito em Santo Antônio de Jesus.  O problema veio de novo à tona com a morte da jovem Viviane na quarta feira.  A primeira observação a se fazer é a de que quem vem no sentido da avenida Luís Viana pode ir direto para a avenida Barros de Almeida, coisa que deveria ser proibido por ser uma passagem muito complicada. O segundo ponto a ser observado e pelo qual muito reclamam com razão, é a falta de semáforo para pedestre na cidade.  Quem está na praça Renato Machado e quer ir para o supermercado Rio Branco não tem um momento certo para atravessar, já que na hora em que o sinal fecha para uma via, abre-se outra mão para os carros que vem da Armando Tavares passarem.  Para uma cidade em que o trânsito cada vez mais se parece com o corre-corre de uma capital ainda estamos em falta com medidas de segurança e equipamentos adequados.  Se continuar assim, tudo indica que novos acidentes como o que vitimou a jovem auxiliar de enfermagem podem acontecer a qualquer momento.