Foi solto um dos envolvidos no assassinato do menino João Hélio

A Justi?a do Rio concedeu liberdade ao jovem envolvido na morte do menino Jo?o H?lio Fernandes Vieites, 6, que morreu ap?s ser arrastado por 7 km nas ruas da zona norte do Rio, em 2007, preso ao cinto de seguran?a do ve?culo levado por assaltantes. Na ocasi?o do crime, o rapaz tinha 16 anos e foi internado em um instituto para jovens infratores, na Ilha do Governador (RJ). Os outros quatro acusados de envolvimento na morte foram condenados em 2008.? De acordo com a decis?o do ?ltimo dia 8, do juiz Marcius da Costa Ferreira, da 2? Vara da Inf?ncia e Juventude do Rio, o jovem progrediu para o regime semiaberto –no qual o preso trabalha de dia e passa a noite no instituto.?? Jo?o H?lio morreu ap?s ser arrastado pelas ruas do Rio, preso ao cinto de seguran?a? Para o magistrado, ainda ser? necess?rio “mais tempo para que [o acusado] se conven?a das vantagens da mudan?a de vida, do volunt?rio afastamento de seu pernicioso habitat e grupo a que est? integrado”, da? a op??o pelo regime semiaberto. “? preciso que seja estimulado a participar de outras atividades e grupos socialmente saud?veis, como indicado nos ?ltimos relat?rios”, disse o juiz. Ainda segundo a decis?o, o jovem e a fam?lia dele dever?o receber acompanhamento psicol?gico e caber? ao Criaad (Centro de Recursos Integrados de Atendimento ao Adolescente) acompanhar todo o processo.

Fonte: Folha On Line