Ex-cozinheira de Clodovil afirma que estilista foi assassinado

Foto: Reprodução / TV Band

 

 

Mais de dez anos após a morte de Clodovil Hernandez, uma nova versão do caso pode passar a ser investigada pela polícia. O estilista morreu em março de 2009, após AVC, conforme laudo médico, mas uma declaração dada por sua ex-cozinheira, na última segunda-feira (30), no Balanço Geral, da RecordTV, indica outra causa.

Segundo Renata Cândido Rodrigues, um homem esteve no quarto de Clodovil pouco antes dele ter sido encontrado inconsciente e sangrando, no dia 16 de março de 2009. Ainda de acordo com o relato, o mesmo homem já rondava pessoas próximas ao estilista tempos antes do falecimento.

Apesar das declarações, ainda não há informações sobre denúncias ou novo processo relacionado ao caso.

 

 

Fonte: BNews