Ex-ministro diz que Carlinhos Maia pode ser responsabilizado por crime sanitário

O ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha, afirma que a festa do influencer Carlinhos Maia foi fonte de infecção para o coronavírus. Ele disse na última sexta-feira, 25, que o humorista pode ser responsabilizado por crime sanitário.

O deputado federal (PT-SP) se mostrou indignado com o influenciador, que fez um evento para centenas de pessoas em meio a uma pandemia. “Confirmada a relação entre fonte de infecção e evento. É uma irresponsabilidade sem tamanho. E, dependendo de quais eram as regras sanitárias locais estabelecidas, pode sim ser classificado como um crime sanitário”, escreveu o político em seu perfil no Twitter.

Após ser divulgado que 47 funcionários do Natal da Vila teriam testado positivo para a Covid-19, além da influenciadora digital Mileide Mihaile, foi criado um abaixo-assinado na web para que ele seja punido por causar aglomeração.

Fonte: A Tarde