Irmã de Fiuk é criticada na web ao dar a entender que cantor sofreu racismo no BBB

Se dentro da casa do Big Brother Brasil, o tempo do cantor Fiuk é reservado para balançar o coração de Juliette e chorar, aqui fora o artista está se envolvendo em polêmica sem nem saber.

A irmã cantor, Tainá Galvão, polemizou nas redes sociais ao tentar defender o artista após ele não ser escolhido pelo líder, Nego Di, para integrar o grupo Vip.

“Ó, que piedade pras minas. Chama o Felipe [Fiuk]. Ó, depois fala que não tem preconceito, gente. Mas ‘só vale de um lado’, né”, disse Tainá em um vídeo

O registro foi rapidamente deletado após a repercussão negativa da fala de Tainá, mas viralizou a ponto de ir parar em perfis de fofoca no Instagram, que inflamaram ainda mais o debate.

Contrária a opinião de Tainá, a cantora MC Rebecca explicou a irmã de Fiuk o que para ela tinha acontecido.

“De uma vez por todas: racismo reverso não existe, caralhaaaa. Nego di vai priorizar o deles sempre isso é notório, não há preconceito porque não escolheu o Fiuk pro VIP. Os brancos na Xepa e os pretos no VIP, reparação histórica sem dúvidas, melhor coisa é ver vocês brancos se incomodarem com essa situação que, por anos, foi ao contrário”.

Tainá ainda foi criticada por internautas pela opinião polêmica. “Cala a boca, amada”, disse uma seguidora da página Gossip do Dia. “Gente, e a noção, cadê?”, questionou outra.

*Bahia.Ba