Família recusa oferta do Theatro Municipal e realiza velório íntimo para Paulo Gustavo

Foto: TV Globo

A família do ator Paulo Gustavo recusou a oferta feita pelo Theatro Municipal do Rio de Janeiro para velar o corpo do ator, morto na última terça-feira (4) em decorrência da Covid-19.

Para evitar aglomerações e dar privacidade a família no momento da despedida, a cerimônia foi restrita a apenas 20 pessoas, entre familiares e amigos, em um cemitério de Niterói. O corpo do ator será cremado.

Um forte esquema de segurança foi montado na parte interna do local para evitar a aproximação da imprensa e de curiosos, o que não impediu fotógrafos de registrar a entrada de Thales Bretas, marido do humorista, da mãe e da irmã do ator Déa Lúcia e Ju Amaral, e de alguns famosos como Preta Gil, Ingrid Guimarães, Samantha Schmutz, Mônica Martelli, Marcus Majella e Carol Trentini.

Nas redes sociais, Thales Bretas agradeceu o carinho dos fãs e de amigos, que enviaram flores e mensagens de apoio ao dermatologista. “Recebendo muito carinho de todos os amigos e familiares…. obrigado! Ainda é duro pra falar aqui e, às vezes, até por mensagem. Mas estou forte. E feliz com tanto amor!” , escreveu.

O artista ainda foi homenageado com um “aplausaço” ao redor do país na noite da última quarta (5). Às 20h, pessoas das janelas de suas casas aplaudiram não só Paulo, comas outras 400 mil vítimas da doença, que continua fazendo vítimas no Brasil.

“Não existe nem nunca vai existir amor maior e uma pessoa mais generosa que ele! Obrigado por me ensinar tanto! Por me completar! Ser minha luz! Será agora minha estrela-guia. Obrigada a todos pelas mensagens de solidariedade e carinho. Meus sentimentos a todas as famílias que, assim como a minha, perderam entes queridos pela Covid”, escreveu.

 

*Bahia.Ba