Safadão conta detalhes de dores na coluna: ‘Não sentia minhas pernas’; o cantor foi substituído por João Gomes no São João de SAJ

As festas juninas no interior da Bahia, em Santo Antônio de Jesus e Cruz das Almas, teriam como uma das atrações principais Wesley Safadão, mas devido problemas na sua coluna vertebral, o cantor precisou se afastar dos palcos nas respectivas cidades.

Safadão conta detalhes de dores na coluna: ‘Não sentia minhas pernas'; o cantor foi substituído por João Gomes no São João de SAJ
Wesley Safadão (Foto: reprodução)

As festas juninas no interior da Bahia, em Santo Antônio de Jesus e Cruz das Almas, teriam como uma das atrações principais Wesley Safadão, mas devido problemas na sua coluna vertebral, o cantor precisou se afastar dos palcos nas respectivas cidades, mas foi substituído por João Gomes, no Forró do Lago em SAJ e Bell Marques em Cruz das Almas.

Wesley Safadão voltou a aparecer nas redes sociais neste domingo (3) após a internação por fortes dores na coluna . O cantor tranquilizou os fãs e disse que está bem “na medida do possível”. As informações são do Bahia Notícias, parceiro do Blog do Valente.

“Não tem o que fazer. Não tem mágica e nem segredo. É aguardar desinflamar pra depois começar o trabalho de manipulação. Agora nem manipular eu posso porque corre o risco de agravar o problema. Na medida do possível estou bem, porque o que incomoda mesmo são as dores. Ando um pouco e os pés ficam dormente, e todo esse processo”, explicou Safadão.

O cantor aproveitou para falar que espera voltar aos palcos ainda nesta semana.

“Terça ou quarta-feira vou fazer outra ressonância, onde eu vou saber se o médico vai me liberar ou não para seguir com a agenda. Tô muito confiante, fazendo tudo que é necessário e tudo que eu posso para poder voltar já essa semana. E na semana seguinte, se Deus quiser, eu já quero estar pulando em cima do palco”, espera o artista.

Ele ainda lembrou de como começou a sentir as dores e contou que chorava de dor no camarim.

“No show de Assu, era uma segunda ou terça-feira, eu travei minha coluna. Uma dor inexplicável, que só quem tem hérnia extrusa pode sentir e imaginar o que é a dor. Até para respirar dói demais. Consegui fazer o show da terça, da quarta, da quinta e na sexta-feira, em Campina Grande, o Dennis DJ estava tocando lá no São João e eu no camarim chorava com muita dor. Me desesperava, porque quando eu tentava respirar doía”.

O cantor disse que um tratamento com agulhas deu a falsa impressão de que estava melhor, o que fez confirmar o show em Caruaru. Mas o problema se agravou e ele chegou a sentir dormência nas pernas.

“Na terça-feira acordei sem dor, [pensei] ‘opa, vou tomar os cuidados, andar devagarinho, passos lentos… Quero fazer Caruaru’. Então voltei pra casa, dormi em casa, acordei, tomei meu banho, tirei uma foto [avisando] ‘hoje tem Caruaru, mas depois dessa foto eu não sentia as minhas pernas mais. E eu não tinha tido essa sensação de dormência aqui por baixo ainda”, contou.

 

Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícias.