Cineasta Toni Venturi morre aos 68 anos em São Paulo

Foto: Reprodução/Facebook

O cineasta Toni Venturi faleceu na tarde deste sábado (18), aos 68 anos, após passar mal enquanto nadava em uma praia no litoral de São Paulo. Ele estava em São Sebastião com a família para passar o fim de semana quando o incidente ocorreu.

Sua esposa, Débora Duboc, relatou ao g1 que estava na casa do seu irmão quando ficou sabendo e correu imediatamente para a praia.

“Quando cheguei, ele já estava na maca, entrando na ambulância. Tentaram reanimá-lo. E eu cantei o tempo todo para que ele ouvisse minha voz, se apegasse a isso, mas não deu”.

Antônio Venturi Neto, formado em cinema no Canadá, foi presidente da Associação dos Cineastas Paulistas (Apaci) em 2001. Ele dirigiu e produziu vários longas-metragens, como “A Comédia Divina” (2017), “Cabra-Cega” (2005), e “Latitude Zero” (2002).

Venturi também se destacou na direção de documentários, incluindo “Rita Cadillac – A Lady do Povo” (2010) e “Dentro da Minha Pele”, lançado em 2020 no Globoplay.

O corpo de Toni será velado na Cinemateca Brasileira. Ele deixa a esposa Débora Duboc e dois filhos, Theo e Otto.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia