Morre aos 72 anos Gustavo Mullem, guitarrista do Camisa de Vênus

Músico lutava contra um câncer de pulmão

Artista foi o último guitarrista a tocar com Raul Seixas – Foto: Reprodução

Morreu nesta segunda-feira (27), em Salvador, aos 72 anos, o guitarrista e ícone do rock baiano Gustavo Mullem, ex-integrante da banda Camisa de Vênus. 

Mullem lutava contra um câncer de pulmão. De acordo com uma postagem de seu filho, Luiz Mullem, ele será cremado em uma cerimônia nesta terça-feira, 28, às 11h30, no Cemitério Campo Santo. Uma missa será realizada no local às 11h, e amigos e familiares poderão prestar suas últimas homenagens a partir das 8h.

Gustavo Mullem ganhou notoriedade nacional nos anos 80 como membro da banda Camisa de Vênus. Junto com Marcelo Nova, Robério Santana, Aldo Machado e Karl Hummel, ele gravou cinco álbuns e deixou um legado de clássicos do rock brasileiro, como “Eu Não Matei Joana D’arc”, “Sílvia”, “Bete Morreu” e “O Adventista”.

Após o término da formação original do Camisa de Vênus em 1987, Mullem integrou a banda solo de Marcelo Nova, Envergadura Moral. Esse grupo foi responsável pela gravação do último disco de estúdio de Raul Seixas, “A Panela do Diabo”, lançado em 1989.

Nos anos seguintes, Gustavo participou de reuniões esporádicas do Camisa de Vênus, incluindo a gravação de um DVD ao vivo no Festival de Verão Salvador em 2004. Nos anos 90, ele também foi guitarrista da banda Missionários do Dízimo, que lançou um álbum e alcançou certa repercussão nacional.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia