Segundo suspeito é preso por morte de gerente de pousada e família protesta

Familiares e amigos protestaram na manhã desta terça-feira (18). — Foto: Reprodução / TV Santa Cruz

Um homem foi preso na manhã desta terça-feira (18), em Canavieiras, cidade do sul da Bahia, suspeito de participar da morte de um gerente de uma pousada da cidade. Segundo a polícia, a prisão ocorreu depois de depoimentos de testemunhas. Por causa da situação, familiares e amigos protestaram e pediram justiça.

“Essa prisão foi em decorrência de testemunhas oculares e também dos trabalhos de inteligência e de campo da polícia”, disse Renato Fernandes, delegado que está à frente do caso.

Ainda de acordo com o delegado Renato, Jailson da Cruz, preso nesta segunda, já cumpriu pena por participação no tráfico de drogas no município.

O gerente, identificado como Bruno Lino de Andrade Loureiro, estava desaparecido desde cinco de fevereiro, quando foi visto saindo da pousada dentro do carro dele. Em meio as buscas, ele foi achado morto um dias depois. Durante o protesto nesta manhã, familiares falaram como ele era um rapaz bom.

“Nós queremos justiça. Queremos resposta. Bruno sempre foi uma pessoa, um menino do bem, nunca fez mal a ninguém. Nós queremos uma resposta da Justiça porque até o momento não tivemos resposta”, disse um primo de Bruno.

“Nós éramos íntimos, sou primo dele. Nós nos colocamos no lugar dos pais, por isso que nós estamos aqui. Pedindo resposta”, completou o homem.