Fundação Palmares não vai comemorar Mês da Consciência Negra

Com apenas um edital aberto neste ano, a Fundação Palmares vai passar em branco o Mês da Consciência Negra, em novembro. De acordo com o colunista Guilherme Amado, da revista Época, não há atividades comemorativas programadas.

O único edital do ano será um prêmio de R$ 690 mil para cem iniciativas da cultura afro-brasileira.

A fundação, no entanto, disse que o mês não passará totalmente batido, já que esta premiação será entregue justamente em novembro.

Presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo minimiza constantemente o movimento negro e já chegou a negar a existência do racismo no Brasil.

BN