Choquei se defende após ser alvo de críticas por morte de Jéssica Vitória

Foto: Reprodução/Redes Sociais

A página de fofocas Choquei se defendeu neste sábado (23) após ser alvo de críticas por ser uma das responsáveis pelo ódio sofrido por Jéssica Vitória, de 22 anos, que morreu na sexta-feira (22).

A página alega que não divulgou informações falsas e que cumpriu com o seu dever de informar. “Todas as publicações foram feitas com base em dados disponíveis no momento e em estrito cumprimento das atividades habituais decorrentes do exercício do direito à informação”, diz a nota.

A Choquei também lamenta o ocorrido e se solidariza com os familiares e amigos de Jéssica. “Reforçamos nosso compromisso em agir com diligência e responsabilidade”, diz a nota. A página finaliza a nota reafirmando seu compromisso com a legalidade, responsabilidade e ética na divulgação de informações.

Jéssica Vitoria, 22 anos, tornou-se vítima de fake news quando prints de uma conversa falsa com o humorista Whindersson Nunes foram divulgados nas redes sociais. Ambos negaram a autenticidade das conversas, mas a exposição resultou em uma enxurrada de comentários negativos direcionados a Jéssica, agravando seu estado clínico. De acordo com uma amiga próxima, a intensidade dos ataques online foi tão grande que, na última sexta-feira (22), Jéssica tirou a própria vida.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia