11 suspeitos foram detidos após ataque letal a casa de shows em Moscou

Ataque aconteceu em cidade russa Crédito: Reprodução

Onze pessoas foram detidas após um ataque a tiros em uma casa de shows em Moscou na sexta-feira (22), que deixou 115 mortos, incluindo três crianças, segundo o chefe do Serviço Federal de Segurança da Rússia.

O ataque ocorreu no Crocus City Hall, uma sala de concerto com capacidade para mais de 6 mil pessoas, localizada a 20 km do Kremlin. Imagens da mídia estatal russa mostraram veículos de emergência no local e o teto do teatro desabado.

Vídeos online mostraram homens armados atirando em civis à queima-roupa. O ataque foi o mais letal na Rússia em 20 anos e aconteceu em um momento delicado para o país, com a guerra na Ucrânia em curso.

Ainda não há informações sobre a motivação do ataque, mas o grupo Estado Islâmico reivindicou a responsabilidade em uma declaração publicada em canais de mídia social afiliados. A autenticidade da alegação ainda não foi verificada.

Um funcionário da inteligência dos EUA disse à The Associated Press que as agências de inteligência dos EUA confirmaram que o EI foi responsável pelo ataque. As autoridades dos EUA haviam compartilhado informações sobre o possível ataque com as autoridades russas no início deste mês.

O Conselho de Segurança da ONU condenou o ataque como “hediondo e covarde” e destacou a necessidade de responsabilizar os autores. O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, também condenou o ataque “nos termos mais fortes possíveis”.

As autoridades russas estão investigando o ataque e ainda não divulgaram mais detalhes sobre os autores ou a motivação.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia