Enfermeira confessa que matou pacientes em hospitais e é condenada à prisão perpétua nos EUA

Segundo as investigações, a mulher administrava doses letais de insulina

Foto: reprodução/ enfermeira confessa ter matado três pacientes

Uma enfermeira de 41 anos, cujo nome não foi divulgado, confessou ter matado três pacientes em cinco diferentes centros médicos da Pensilvânia entre 2020 e 2023. No entanto, a promotoria acredita que seu número real de vítimas seja bem maior, chegando a 17.

Segundo as investigações, a mulher administrava doses letais de insulina em pacientes que nem sequer tinham diabetes. Sua motivação ainda é desconhecida.

A enfermeira foi condenada a três penas perpétuas pelos homicídios intencionais e a penas que variam de 380 a 760 anos de prisão por tentativas de homicídio.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia