Deputado da Bahia propõe inclusão do Ozempic na Farmácia Popular para tratamento de diabetes

Comissão discute desvio de dinheiro no Programa Farmácia Popular

A Bahia pode ampliar a oferta de medicamentos para o tratamento de diabetes, incluindo o Ozempic na distribuição pelas farmácias populares. Esta é a intenção do deputado estadual Marcinho Oliveira (União Brasil), que apresentou um projeto de lei com essa proposta na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba).

Alegando a pouca utilização do medicamento no país, o parlamentar sugere que o Poder Executivo firme convênios com órgãos federais, estaduais e municipais, empresas e entidades sem fins lucrativos para que os objetivos da lei sejam alcançados, incluindo a ampliação da oferta da substância para o tratamento de adultos com diabetes tipo 2 de baixa renda.

“A presente proposição tem o objetivo de levar à população baiana medicações eficazes, conforme comprovação científica e já aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a todos aqueles que têm prescrição médica para tanto, mas que não têm condições de arcar com os custos do tratamento”, diz um trecho da proposta.

“O objetivo primordial da presente proposição é o de proporcionar a aquisição dessas medicações às pessoas de baixa renda, que não têm condições de arcar com mais essa despesa. Nada mais justo que o poder público dê condições para que essas pessoas carentes adquiram esses remédios sem custo nenhum”, acrescenta.

Além do Ozempic, o projeto também inclui outro medicamento para os portadores de diabetes, a tirzepatida (princípio ativo do Mounjaro). Ambos os remédios são indicados para pacientes com alta taxa de açúcar e diabetes, além de pessoas com obesidade comprovada de grau 2 e 3.

“A entrada deste remédio no Brasil foi tratada como um marco, já que impactará positivamente na forma como a diabetes é tratada atualmente”, destaca a matéria.

O projeto ainda ressalta que o uso do medicamento deve ser combinado com orientações médicas, seguidas por dieta e atividades físicas.

Os produtos, de acordo com a proposta, serão repassados através do Programa Farmácia Popular do Brasil a baixo custo.

“Importante destacar que estas medicações devem ser combinadas com orientações sobre dieta e atividade física, essencial para o sucesso do tratamento farmacológico. Assim, esses medicamentos associados a outras instruções médicas resultam em um platô no auxílio à perda de peso”, complementa.

Ozempic na Mídia

No início deste ano, o Ozempic ganhou notoriedade por ter resultados rápidos para emagrecimento, sendo utilizado até por cantoras e influenciadores digitais, como Maiara (da dupla com Maraisa) e Mari Fernandez, ambas artistas do sertanejo.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia