Operação interestadual desarticula grupo suspeito de sequestro e extorsão

Grupo suspeito de sequestro e extorsão em Bahia e Pernambuco

Foto: Reprodução

Um grupo suspeito de praticar crimes de sequestro e extorsão foi desarticulado em uma operação interestadual realizada nesta terça-feira (4) nos estados da Bahia e de Pernambuco.

A operação foi conduzida pela Delegacia Especializada Antissequestro (DAS) e pela Coordenação de Operações e Delegacia Anti-Sequestro de Pernambuco, com apoio do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil pernambucana.

Os crimes ocorreram na capital baiana e na Região Metropolitana de Salvador (RMS) durante o primeiro semestre deste ano. Em 12 de janeiro, uma vítima foi sequestrada na região do bairro do Garcia, em Salvador. Os criminosos contataram a família exigindo resgate, que foi pago, mas a vítima permanece desaparecida.

Em 8 de março, no município de Camaçari, também na região metropolitana de Salvador, ocorreu um segundo sequestro. Segundo a polícia, as características desse crime foram semelhantes ao primeiro. Houve pagamento de resgate, porém a vítima não foi liberada. Nesse caso, o corpo do homem foi encontrado cinco dias após o sequestro, com sinais de violência e marcas de tiros.

As investigações da DAS revelaram que as contas para onde o dinheiro dos resgates foi transferido estavam registradas em Pernambuco, pertencendo a um homem preso por homicídio em Parnamirim, onde foi cumprido um mandado.

As investigações também apontaram a participação de dois ex-policiais militares da Bahia, que já foram demitidos e enfrentam processos disciplinares. Dois mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão foram cumpridos no bairro Jardim das Margaridas, em Salvador, e no município de Recife. Os suspeitos permanecem à disposição do Poder Judiciário.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia