Pesquisadores detectam vírus gigantes em gelo da Groenlândia

Organismos podem estar atuando para retardar derretimento das calotas

Foto: AFP

Foi detectada pela primeira vez a presença de vírus gigantes em uma camada de gelo da Groenlândia. Pesquisadores da Universidade de Aarhus, na Dinamarca, encontraram um organismo do grupo de DNA nucleocitoplasmático (NCLDV), que pode estar ligado aos estudos de derretimento do gelo no Ártico.

Estes organismos estão presentes em todo o mundo e afetam algas marinhas e de água doce. Mas, “há informações muito limitadas sobre a diversidade e a função ecossistêmica dos NCLDVs em habitats terrestres gelados”, apontou o estudo.

Os vírus medem aproximadamente 2,5 micrômetros, sendo que vírus comuns podem chegar até 200 nanômetros.

Segundo o estudo, divulgado pela CNN, esses vírus podem estar atuando para retardar o derretimento das geleiras.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia