Valor da cesta básica aumenta em 11 capitais brasileiras em maio, Aponta Dieese

O custo médio da cesta básica aumentou em 11 das 17 capitais brasileiras analisadas pela Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, divulgada nesta quinta-feira (6) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Porto Alegre registrou o maior aumento em comparação com abril, com um acréscimo de 3,33%, influenciado pelas chuvas em maio. Florianópolis (2,50%), Campo Grande (2,15%) e Curitiba (2,04%) também apresentaram aumentos significativos. Em contrapartida, as maiores quedas foram observadas em Belo Horizonte (-2,71%) e Salvador (-2,67%).

O preço do arroz foi um dos principais fatores para o aumento do custo da cesta básica. Entre abril e maio, o valor médio do arroz subiu em 15 capitais, variando de 1,05% em Recife a 16,73% em Vitória. As enchentes no Rio Grande do Sul, principal estado produtor de arroz, reduziram a oferta do grão. Apesar das importações, o Dieese informou que houve aumentos de preços na maioria das cidades pesquisadas, com exceção de Natal e Goiânia.

Para tentar conter a alta do preço do arroz, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) realizou hoje um leilão para a compra de 263,3 mil toneladas de arroz importado.

São Paulo continua a ser a capital com a cesta básica mais cara do país, com um custo médio de R$ 826,85 em maio. Porto Alegre (R$ 801,45) e Florianópolis (R$ 801,03) seguem logo atrás. No Norte e Nordeste, as capitais com os menores valores médios foram Aracaju (R$ 579,55), Recife (R$ 618,47) e João Pessoa (R$ 620,67).

Comparando maio de 2023 com maio de 2024, todas as capitais analisadas pelo Dieese tiveram alta no preço da cesta básica, exceto Goiânia, onde houve uma ligeira redução de -0,05%.

Com base no custo da cesta básica mais cara, que foi a de São Paulo em maio, o Dieese estimou que o salário mínimo deveria ser de R$ 6.946,37, ou seja, 4,92 vezes o valor do salário mínimo atual de R$ 1.412,00, para suprir as despesas básicas de alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia