Dom Macedo Costa: aulas de boxe agora são oferecidas pelo CRAS

5ebd89ff-f1a5-45a6-8c12-54c81290df27
6dad64dc-10c7-47f5-846f-efae9699be0b
92ec623e-d1c1-4e7d-8eff-46f1dce9226a
6141562d-5655-4e43-a3b8-f51de8261a72
a91ed0d7-be18-45ed-9a64-beb024381af4
ab225df8-8e5a-4b36-a731-6cf31419c273
c67c3065-450b-43fa-a50e-0af03e827931
cdc9c8de-52cb-478d-89d4-358c1f76b9a0
dc698b0b-38f1-4ee1-b9e8-5cb5b6a764c5
deff3cbd-ca42-4a0c-90e0-52c9641b9000

Agora as atividades do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) contam com as aulas de boxe, ministradas pelo instrutor Edivan Santos. As atividades acontecem as quartas e quintas-feiras, com turmas para todas as idades. “Estamos dando início a esse projeto que com certeza vai render muitos frutos bons para nossa cidade. Tanto a Prefeitura, quanto o CRAS e eu estamos empenhados para isso. É um sonho para mim e para muitas pessoas em ver esses meninos indo competir em outras cidades, levando o nome do nosso município”, comenta feliz Edivan, que é macedense, filiado a Associação Nacional de Boxe, e já fazia anteriormente o trabalho com esse esporte de forma voluntária.

Com o boxe, o SVCF passa a atender todos os públicos, tanto o masculino quanto o feminino, de todas as idades. As atividades acontecem no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCVF), no centro, e além de aulas para crianças e adolescentes também contam com turmas para adultos, uma para homens e outra só para mulheres.

Para as pessoas que ainda têm algum receio sobre o esporte, o instrutor Edivan explica: “Pela falta de conhecimento, muita gente acha que o boxe é um esporte violento, quando na verdade o boxe ensina o respeito, a disciplina, o trabalho em grupo. Além de dar uma base para a convivência em sociedade. Os pais que não conhecem o esporte estão convidados a vir acompanhar de perto o trabalho e descobrir que o boxe na verdade tira as pessoas da violência”.