Secretário Jerônimo Rodrigues e professor Naomar Almeida tomam posse na Cátedra de Educação Básica da USP

A Cátedra de Educação Básica, uma iniciativa do Instituto de Estudos Avançados (IEA) da Universidade de São Paulo (USP), em parceria com o Itaú Social, realizou, nesta quinta-feira (29), a cerimônia virtual de posse do primeiro catedrático titular, o professor Naomar de Almeida Filho, e do conselho consultivo, que tem, entre seus 12 membros, o secretário da Educação do Estado da Bahia, Jerônimo Rodrigues. A entidade, criada em 2019, tem por objetivo principal contribuir para políticas de formação e reconhecimento do professorado e diminuir a distância entre a pesquisa acadêmica e a realidade das salas de aula nas redes públicas de Educação Básica no país.
Para o secretário Jerônimo Rodrigues, a Cátedra de Educação Básica é uma oportunidade de buscar alternativas para o fortalecimento da educação. “Em um momento em que a Educação Básica vem passando por desafios, é importante a nomeação de uma equipe para uma Cátedra que vem se colocar à disposição de somar, de forma corajosa e qualificada. E, para nós, é de um simbolismo muito grande, nos 120 anos de Anísio Teixeira, termos institucionalizada uma Cátedra voltada a Educação Básica. A expectativa é muito grande e, junto aos meus pares, eu trago os nossos esforços, sonhos e capacidade de lutarmos juntos”, afirmou.
O professor Naomar Almeida Filho, ex-reitor das universidades federais da Bahia (UFBA) e do Sul da Bahia (UFSB), ressaltou a busca por uma educação integral que valorize a interdisciplinaridade, as diferenças e o indivíduo como sujeito coletivo. “Considero a Cátedra de Educação Básica um projeto lindo, sonhado, concebido e colocado em prática. A educação é aprender e está ligada às vivências e à ampliação da capacidade de ação e reflexão. Vamos trabalhar por uma educação integral entre universidades, escolas, famílias e suas experiências”, contou.
O reitor da USP, Vahan Agopyan, reforçou a importância das Cátedras para a universidade. “Este é um instrumento vitorioso,  porque trazemos para a instituição pessoas com uma visão diferente, que dão a oportunidade dos estudantes discutirem temas diversificados, que contribuem imensamente para a sua formação”.
O diretor do IEA, Guilherme Ary Plonski, que passou o cargo de coordenador geral da Cátedra de Educação Básica para a professora Roseli Lopes, falou  que “isso aqui é um evento festivo, pois celebra a  educação como riqueza da sociedade. Temos que valorizar o que já foi feito e buscar fazer ainda melhor com esse recurso inesgotável que teremos com os conselheiros.”
Segundo a superintendente da Fundação Itaú para Educação e Cultura, Angela Dannemann, esta foi a consolidação de um trabalho iniciado em 2019. “Começamos no ano passado, ainda sem um catedrático, mas tínhamos um terreno muito fértil para trabalhar. A licenciatura interdisciplinar precisa ter uma formação mais completa para que os estudantes estejam melhor preparados. É um enorme prazer participar disso, não apenas como apoiadora, mas de forma efetiva”, afirmou.
Após a cerimônia de posse, aconteceu a primeira reunião do novo Conselho Consultivo, que conta ainda com os educadores Antonio Carlos Malachias, Bernardete Gatti, Carolina Tavares, Claudia Costin, Elie Ghanem, Francisco Cordão, Luiz Miguel Martins Garcia, Maria Cecilia da Motta, Nina Ranieri, Paulo Saldiva e Vanderlei Bagnato.