Advogado da família de barbeiro morto a tiros rebate alegação de crime por defesa, “Premeditou”

Advogado José Geraldo Lucas Júnior é suspeito de matar barbeiro em Salvador e teve prisão temporária decretada — Foto: Reprodução/Redes Sociais

O advogado da família de Lucas Souza de Araújo, barbeiro que foi assassinato a tiros em um bar no bairro do Imbuí, em Salvador, afirma que o crime foi premeditado pelo suspeito, o também advogado José Geraldo Lucas Júnior, e que ele não tinha licença de porte de arma.

José Geraldo e o amigo dele, identificado apenas como Jean, estão detidos em prisão temporária desde a quarta-feira (27). Câmeras de segurança registraram toda a ação. As imagens mostram o momento em que José Geraldo atira e mata Lucas.

O advogado Marcos Rodrigues, que está representando a família da vítima, disse que essas imagens reforçam a tese da premeditação do crime.