Produção industrial baiana tem baixa de 3,2% em janeiro

Foto: Carol Garcia/ GOVBA

A Bahia registrou queda de 3,2% em janeiro em relação ao mês anterior, dezembro de 2020. Já na comparação com janeiro de 2020, o baque foi de 13,9%. No comparativo dos últimos 12 meses, a baixa foi de 7,1% em relação ao mesmo período do ano anterior. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (10) e fazem parte da Pesquisa Industrial Mensal (PIM) do IBGE.

 

Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), o setor que mais perdeu foi o de veículos, com queda de -88,5%. O é explicado pela menor fabricação de automóveis com motor à gasolina, álcool ou bicombustível e bancos de metal para veículos automotores. Seguem em ordem negativa derivados de petróleo (-15,9%), produtos de borracha e material plástico (-5,1%), produtos alimentícios (-2,3%), produtos minerais não metálicos (-4,4%), extrativas (-2,3%), couro, artigos para viagem e calçados (-1,3%) e bebidas (-0,3%).

 

Na outra ponta, alguns setores tiveram alta em janeiro deste ano em comparação ao mês de 2020. O primeiro foi o de metalurgia (71,6%). A alta foi influenciada pela maior fabricação de barras, perfis e vergalhões de cobre e de ligas de cobre e ferrocromo.

 

Outros setores com resultados positivos foram: produtos químicos (6,8%), celulose, papel e produtos de papel (3%) e equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (117,7%).

*BN