Secretário André Curvello lamenta morte de Jota Silva e se solidariza com familiares, amigos e colegas do radialista

Secretário André Curvello lamenta morte de Jota Silva e se solidariza com familiares, amigos e colegas do radialista
Secretário estadual de Comunicação Social. André Curvello Foto: reprodução

O secretário estadual de Comunicação Social, André Curvello, enviou nota de pesar para a direção da Jornal AM de Itabuna nesta quarta-feira (6) lamentando a morte do radialista Jota Silva.

Curvello também se solidarizou com familiares, parentes, amigos e colegas do comunicador, ressaltando que o governador Rui Costa determinou rigorosa apuração da morte e das circunstâncias da motivação do crime. A suspeita inicial é de que o crime tenha sido praticado por alguém próximo ao radialista e que tinha acesso à casa dele.

Secretário André Curvello lamenta morte de Jota Silva e se solidariza com familiares, amigos e colegas do radialista
Radialista Jota Silva. Foto: reprodução

Ao manifestar profundo pesar pela morte de Jota Silva, ocorrida na noite desta segunda-feira, 5 de abril, em Itabuna, Curvello destacou a atuação dele na profissão enquanto referência na comunicação regional, tendo trabalhado durante muitos anos na Rádio Jornal com um programa de grande audiência debatendo temas de interesse dos baianos.

O secretário também se solidarizou com a família ao desejar fé e conforto para superar este momento dor. Ele também lamentou o crime trágico já investigado pela Polícia Civil do Estado desde a noite desta terça-feira (5).

Íntegra da Nota

Nota de Pesar

Com enorme surpresa fui informado nesta quarta-feira (6) da trágica morte do comunicador Jota Silva, grande colaborador da Rádio Jornal AM de Itabuma havia vários anos.

Ao lamentar o trágico crime que vitimou Jota, apresento minhas sinceras condolências à família da Rádio Jornal AM de Itabuna, aos familiares e parentes do comunicador, colegas e amigos que acompanhavam a sua trajetória profissional construída com muito trabalho e atuação de referência para a região grapiúna.

Solidarizo-me profundamente com todos aqueles que conheceram ou conviveram com Jota. Também lamento o trágico crime e ressalto que o governador Rui Costa determinou rigorosa apuração do caso, já a cargo da Polícia Civil da Bahia desde a noite desta terça-feira (5), quando o comunicador teve sua casa invadida. Pelo que aponta a investigação inicial, o crime pode ter sido praticado por alguém que tinha acesso ao imóvel.

André Curvello
Secretário Estadual de Comunicação Social da Bahia