‘Brasil não reconhecerá’ resultado da eleição na Venezuela, diz chanceler

['Brasil não reconhecerá' resultado da eleição na Venezuela, diz chanceler ]

Foto : José Cruz/Agência Brasil

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, publicou hoje (5) em uma rede social que o governo não vai reconhecer o resultado para a Assembleia Nacional da Venezuela.

“Em Caracas hoje, Maduro tenta impedir, à força, votação legítima na Assembleia Nacional e reeleição de Juan Guaidó para a presidência da AN [Assembleia Nacional] e do governo interino, crucial para a redemocratização do país. Brasil não reconhecerá qualquer resultado dessa violência e afronta à democracia”, escreveu Ernesto Araújo.

O governo de Nicolás Maduro anunciou que o aliado Luis Parra saiu vitorioso e se tornou o novo chefe do Poder Legislativo no país.

No entanto, o principal líder oposicionista, Juan Guaidó, afirmou ter sido impedido de votar. O governo brasileiro reconhece Juan Guaidó como presidente da Venezuela desde janeiro de 2019.

METRO1