Atenção! Caixa diz que 13 milhões de brasileiros precisam refazer o auxílio emergencial

Boa parte dos brasileiros com direito ao auxílio emergencial de R$ 600,00 ou R$ 1.200,00 (duas cotas) já conseguiram sacar o benefício, seja pelo aplicativo Caixa TEM ou de forma presencial em alguma agência Caixa Econômica Federal.

No entanto, segundo informou a estatal, cerca de 13,6 milhões de pessoas terão de refazer o cadastro no aplicativo ou site para poder participar do programa. Isso porque, durante as análises, a Dataprev não conseguiu determinar se esses inscritos podem de fato receber o benefício.

Dados inconclusivos

Aqueles que se inscreveram para receber o auxílio emergencial e receberam a mensagem de “dados inconclusivos” precisam se recadastrar em uma das plataformas do governo. O novo pedido para entrar na lista de beneficiários deve ser feito no aplicativo ou site da Caixa.

Segundo o Dataprev, empresa pública responsável pela conferência dos dados dos usuários, os pedidos foram negados em razão dos seguintes motivos:

  • Não informou o sexo durante o cadastro;
  • Marcou como chefe de família, mas não colocou nenhum membro familiar;
  • Incluiu como membro de família alguém com indicativo de óbito;
  • Divergência de cadastramento entre membros da mesma família;
  • Dados cadastrais da família colocados de forma errada, como por exemplo, CPF e data de nascimento.

A partir dessas afirmativas, o cidadão poderá submeter uma nova inscrição com os dados informados corretamente.

Outras situações

Como dito anteriormente, a mensagem de “dados inconclusivos” permite ao cidadão realizar uma nova inscrição. Assim como o resultado de “benefício não aprovado”, por exemplo. Caso apareça o aviso, é possível contestar do motivo da negativa ou, caso houve incoerência dos dados, realizar a correção dos mesmo por meio de uma nova solicitação.

Em nota, a Caixa ainda esclarece alguns detalhes sobre as análises dos novos pedidos.

“Após a finalização do cadastro ou da contestação, os dados informados pelo cidadão serão analisados novamente pelo Dataprev. Caso o trabalhador tenha o direito reconhecido pela empresa pública, a Caixa efetuará a liberação dos recursos em até três dias úteis após o recebimento da informação pela Dataprev. O acompanhamento do auxílio emergencial é feito pelo aplicativo, pelo site ou pela central de atendimento exclusiva 111”.

As novas solicitações devem ser enviadas pelo aplicativo Caixa Auxilio Emergencial ou site do benefício. Para o processo, a atenção deve ser redobrada no momento de preenchimento das informações, principalmente aquelas envolvendo os dados pessoais dos membros e a renda.

*Concursos no brasil