Homem tem parada cardíaca depois de esperar 6 horas por atendimento em fila da Caixa

Um homem de 55 anos teve um ataque cardíaco depois de passar seis horas na fila por atendimento na agência da Caixa Econômica Federal na Serra, na Grande Vitória, na manhã desta terça-feira (5).

A irmã dele, Vera Lúcia David, de 59 anos, contou que Antônio Oliveira saiu da casa onde moram, no bairro Planalto Serrano, pouco antes de 3h.

Ele foi de bicicleta até a agência para ser atendido. Segundo ela, Antônio já teve o auxílio emergencial de R$ 600 liberado, mas não está conseguindo sacar o dinheiro

Vera relatou que pouco depois de conseguir entrar na agência, após seis horas na fila, o irmão passou mal e caiu no chão. Os funcionários chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

De acordo com o Samu, a equipe que foi ao local constatou que Antônio teve uma parada cardiorrespiratória. Por causa disso, foi necessário chamar o apoio de uma ambulância de suporte avançado.

Depois que o paciente teve o quadro de saúde estabilizado, ele foi levado para o Hospital das Clínicas, em Vitória.

Vera disse que foi avisada por um vizinho, que também estava na fila, que o irmão tinha desmaiado no banco.

“Um vizinho que conhecia ele sabia que era meu irmão e veio me chamar. Quando cheguei lá, os médicos disseram que ele teve duas paradas cardíacas. No caminho do hospital, ele teve mais uma parada cardíaca”, contou.

Segundo a irmã, Antônio tem diabetes e hipertensão. Ela contou que o irmão foi internado recentemente com princípio de infarto. Por não conseguir sacar o dinheiro do auxílio, Vera disse que ele estava muito nervoso.

No Hospital das Clínicas, em Vitória, Vera foi informada que Antônio vai precisar fazer um cateterismo e colocar um marca-passo no coração.

Procurada, a Caixa Econômica respondeu por nota que o cliente teve um mal súbito na sala de autoatendimento e imediatamente o Samu foi acionado pelos funcionários. O cliente recebeu os primeiros socorros no local e foi levado para atendimento em hospital.

*G1