Bebê morre na barriga da mãe após hospital ficar sem anestesista para realizar o parto

Um bebê morreu ainda na barriga da mãe após hospital ficar sem anestesista para realizar o parto. O caso aconteceu no Hospital Regional de São Francisco do Guaporé (RO) e o caso da negligência hospitalar foi denunciada pelos pais nesta sexta-feira (21). As informações são do G1 Rondônia.

O irmão da gestante Keylyzangela Nillio relatou nas redes sociais que ela deu entrada no hospital na noite da terça-feira (18) e os médicos que estavam de plantão perceberam que a bebê estava com batimentos cardíacos alterados. Porém, não havia anestesista no local para realizar o parto.

Eles precisaram aguardar a chegada do profissional que só chegou no dia seguinte para realizar o parto. A bebê Cecília não resistiu e, ao ser retirada da barrigada mãe, já havia falecido.

O coraçãozinho da querida Cecília não foi mais identificado pelo aparelho [quando chegou a anestesista]”, relatou Hudyson Nilio, irmão da gestante, nas redes sociais.

Quando o bebê sem vida foi entregue aos pais, os familiares beijaram a filha e publicaram a triste foto no Facebook. A imagem gerou repercussão e já teve mais de 18 mil reações.

Ao G1, a secretaria de saúde da cidade disse que a instituição de saúde possui apenas um profissional terceirizado como anestesista e o mesmo não estava de plantão no dia. O outro profissional que realiza o serviço estava afastado no dia.