Embraer vai demitir 2,5 mil funcionários nas fábricas do Brasil

A Embraer anunciou a demissão de 2,5 mil funcionários nas fábricas no Brasil, como consequência dos impactos causados pela pandemia de Covid-19 e pelo cancelamento da parceria com a Boeing.

Segundo a empresa, 1,6 mil desligamentos serão por adesões ao Plano de Demissões Voluntárias, que foi encerrado ontem (2), e mais 900 cortes por dispensa para ajuste do quadro de funcionários.

A Embraer mantinha cerca de 16 mil funcionários no país, sendo 10 mil apenas em São José dos Campos, sede da empresa. Não há informações sobre o número de desligamentos por unidade.

*M1